documentario sobre o fotografo Geraldo Melo

Aqui falo um pouco sobre minha maneira de encarar o oficio da fotografia.
Fotografo o comum, o habitual, o que nos torna humanos e iguais. Procuro através
de varias culturas, chegar ao mesmo denominador, a humanidade, o que nos pertence.
Principalmente em tempos nefastos como o que vivemos, se faz necessário uma reflexão.
Somos parte de um todo, carregando nossas individualidades, e sobretudo, carregando
o que temos em comum.